Tuesday, July 21, 2009

Concequências da sagunda.

A segunda feira se mostrou um dos melhores dias em um bom tempo. Pude me dedicar à mim, ao meu hedonismo, à o que EU queria fazer e mais ninguém. Entao fiz o que eu queria, passei o dia todo desenhando e preparando o material pras próximas entregas entre as quais estao duas novas exposiçoes e duas revistas de ilustracao. E foi uma das melhores tardes que eu tive em um bom tempo, fumei, acendi um incenso pro meu Buda, tomei cerveja e trabalhei a tarde toda.
Terça de manha e nem essa chuvinha continua pode apagar meu animo, saio e vou tomar um café e terminar de escrever uma carta que estava devendo, volto e vou continuar desenhando até as 3 quando vou trabalhar. Em dois dias termina meu periodo de teste e saberei se continuo no trabalho ou tenho que voltar à procurar. Nao chego à me preucupar mesmo um amigo tendo me dito ontem que ele e mais três dos que comecaram com agente foram despedidos.
Mas nao vou me preucupar, vou desenhar ouvindo Dylan até as três e depois ir trabalhar.

1 comment:

karen said...

Versos da vida cotidiana, muito bons